Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page
ressurreição
destinada somente para as pessoas boas?
sim
não
Ver Resultados

Rating: 2.5/5 (34 votos)



ONLINE
1





Partilhe este Site...




quando adormece alguém especial...

 

 

                 

 Por quê a simples menção da palavra morte nos causa medo, pavor e em alguns momentos até mesmo evitamos mencionar essa palavra? Porque nós, os humanos fomos criados com a idéia de vivermos para sempre. Quando um ente querido, um amigo é envolvido nos braços da morte e vai para o descanso eterno nós nos acostumamos com esse sentimento de perda e com o passar do tempo passamos a aceitar a ausência destes entes queridos.  Já se perguntou por que morremos? Por que a morte persegue tanto a nós humanos? Alguma vez você tentou buscar explicações a respeito deste assunto e nunca obteve uma resposta satisfatória?

Essas são perguntas que as pessoas se fazem há milhares de anos. São perguntas importantes. Independentemente de quem somos ou de onde moramos, as respostas são do interesse de cada um de nós. O sacrifício de resgate de Jesus Cristo proveu para a humanidade o caminho para a vida eterna. A Bíblia também prediz um tempo em que “não haverá mais morte”. (Revelação 21:4) Enquanto esse dia não chega, todos nós estamos sujeitos à morte. “nós, os viventes, estamos cônscios, em outras palavras, sabemos que morreremos”, disse o sábio Rei Salomão. (Eclesiastes 9:5) nós tentamos viver o máximo de tempo possível. Mesmo assim, nós nos perguntamos o que acontecerá conosco depois que morrermos.

 Quando morre uma pessoa amada, nós lamentamos. E talvez nos perguntemos: ‘O que está acontecendo com ela? Será que está sofrendo?  Ela está nos observando? De que forma podemos  ajudá-la e a  veremos de novo algum dia?’ é comum as religiões do mundo fornecer as mais diferentes respostas a essas perguntas. Muitas ensinam que, se você tiver sido uma pessoa boa e praticou a bondade, sem sombra de dúvidas irá para o céu; mas, se tiver sido uma pessoa ruim e praticou somente a maldade, você já estará condenada, queimará num lugar de tormento, tipo um purgatório onde a pessoa é queimada diariamente, já outras religiões ensinam que, na morte, a pessoa passa para o domínio espiritual a fim de se juntar aos seus antepassados. Há ainda aquelas afirmando que os mortos vão para outro mundo, para serem julgados, e depois reencarnam, ou nascem de novo em outro corpo.

Toda essa confusão de ensinos religiosos baseiam-se num conceito básico — de que alguma parte invisível dentro de nós sobrevive à morte do corpo físico. De acordo com algumas dessas ou quase todas as religiões, antigas e atuais, nós de algum modo continuamos vivos para sempre com a capacidade de ver, ouvir e pensar no mundo espiritual. Mas como isso é possível? Os nossos sentidos e os nossos pensamentos estão todos ligados ao funcionamento do cérebro enquanto vivemos. Na morte, o cérebro pára de funcionar. As nossas recordações, sentimentos, emoções e sentidos não continuam a funcionar de modo independente, de alguma maneira misteriosa. Eles não sobrevivem à destruição do cérebro.

 O QUE REALMENTE ACONTECE NA MORTE? 

A Bíblia, explica a veracidade das Palavras de Deus nosso Criador sobre os mistérios da morte e a condição dos mortos, a Bíblia não deixa dúvida afirma: quando uma pessoa morre, ela deixa de existir. A morte é o oposto da vida. Os mortos não vêem, não ouvem nem pensam. Nenhuma parte de nós sobrevive à morte do corpo. Nós não possuímos uma alma ou algum espírito imortal dentro de nós.

 Depois de mencionar que os vivos estão cientes de que vão morrer, Salomão escreveu: “Os mortos, porém, não estão cônscios de absolutamente nada.” Diferente dos vivos, os mortos não podem amar nem odiar e que no lugar ou condição em que se encontram “não há trabalho, nem planejamento, nem conhecimento, nem sabedoria [na sepultura]”. (Eclesiastes 9:5, 6, 10) o  Salmo 146:4 diz que, quando uma pessoa morre, “perecem deveras os seus pensamentos”. Simplesmente deixamos de existir, nós somos mortais e não sobrevivemos à morte do corpo. A  vida do homem é como a chama de uma vela. Quando essa chama se apaga, ela não vai para nenhum lugar. Ela simplesmente acaba, deixa de existir.